Sexta - Jó 19.25,26 – LBJ – A confiança em Deus em meio à dor.

Porque eu sei que o meu Redentor vive, e que por fim se levantará sobre a terra.

Extraído do livro BEACON.
Pensar em uma testemunha duradoura faz com que Jó alcance a maior compreensão até então na busca por significado da sua situação. Ele repentinamente percebe no fundo do seu ser que tem um Redentor vivo (25). A palavra é goel, que normalmente se refere ao parente mais próximo. Essa pessoa se incumbe de vingar o sangue no caso de um assassinato; ele “redime” o estado do homem morto, ou ele se responsabiliza para que a posteridade do irmão morto continue por meio do levirato. (O levirato era uma instituição matrimonial dos hebreus que impunha à viúva casar-se com o irmão do falecido marido.) Assim, ele é o defensor, o vingador, aquele que salva da opressão, o libertador. Deus é esse Redentor para Israel de uma maneira que ninguém mais poderia ser (Ex 6.6; 15.13; SI 74.2; et al.). Jó finalmente enxerga, Deus se levantando para defender sua honra e “acertar as contas”.

Ele também afirma: Ainda em minha carne verei a Deus (26). Essa expressão tem recebido uma série de interpretações que vão desde a rejeição da ressurreição até exatamente o oposto, ou seja, o de que esse texto confirma a ressurreição.
Aqueles que apoiam a visão negativa ressaltam que Jó declarou inegavelmente que não existe esperança de vida após a morte (14.7-14), e que ele é um homem que perdeu toda a esperança. Também se argumenta que tal esperança nesse ponto crítico do argumento frustra qualquer necessidade de uma discussão adicional, visto que não leva em conta o desânimo e a falta de esperança que Jó ainda vai expressar. Também se argumenta que o texto desses versículos está bastante corrompido.
Por outro lado, tem-se observado que Jó flutua em suas emoções de desespero até chegar a algum vestígio de esperança. E embora ele tenha com frequência expressado desespero e confusão, ele recusa-se resolutamente a abandonar sua integridade em seu relacionamento com Deus. Apesar da profundidade do seu desespero, Jó retorna. Esses momentos parecem se intensificar e finalmente chegam ao clímax no clamor de fé em que Jó declara que ele verá a Deus como seu Redentor (goel) com seus próprios olhos.

Conteúdo tirado daqui 👇


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A MORTE

A CIDADE DE JERUSALÉM

Sexta - 2 Co 5.10 – LBM – O Tribunal de Cristo.

Sábado - Ap 22.20 – LBM –Jesus em breve virá.

Terça - Is 65.20-22LBA A longevidade humana, característica do Reino Milenar de Cristo.

Quinta - Mt 25.46LBA Há na eternidade um lugar para os justos e outro para os injustos.

Segunda - At 24.15 ®LBA¬ Todos os mortos serão ressuscitados.

Quinta - Ml 2.2 – LBJ – Bênçãos amaldiçoadas.

Quarta - Jd 14–LBM– A vinda de Jesus em glória.

O TEMPLO DE SALOMÃO