Orando no Espírito

Embora a expressão “orando no Espirito” seja formada por mais de uma palavra, a compreensão de seu significado e igualmente essencial para o nosso estudo. Ela deriva-se, principalmente, de Judas 20: “Mas vos, amados, edificando-vos a vos mesmos sobre a vossa santíssima fé, orando no Espírito Santo...” (grifo do autor). Esta expressão também tem suas raízes, ate certo ponto, na declaração de Paulo em 1 Coríntios 14.15: “Que farei, pois? Orarei com o espirito, mas também orarei com o entendimento”.
            No primeiro caso, o Espirito Santo figura claramente como o agente da oração; no caso de Paulo, entretanto, o seu próprio espirito e que aparece exercendo essa função — “O meu espirito ora bem” (1 Co 14.14). Mas como isso e possível?! Temos uma resposta em Atos 2.4: “E todos foram cheios do Espirito Santo e começaram a falar em outras línguas, conforme o Espirito Santo lhes concedia que falassem”. O sentido que salta aos olhos e que orar em línguas só pode ser possível pela capacitação do Espirito Santo.
Portanto, “orar no Espirito” implica igualmente numa concessão do Espirito Santo ao espirito humano. Resulta da identificação do Espirito Santo com o espirito humano, pela qual se passa a falar numa língua desconhecida. Em adição as passagens já citadas, note este trecho:
“Orando em todo tempo com toda oração e suplica no Espírito e vigiando nisso com toda perseverança e suplica por todos os santos” (Ef 6.18).    

Retirado do livro: Teologia Bíblica da Oração. O Espirito nos ajuda a orar.

Robert L. Brandt e Zenas J. Bicket
Todos os direitos reservados. Copyright © 2007 para a língua portuguesa da Casa
Publicadora das Assembléias de Deus. Aprovado pelo Conselho de Doutrina.
Título do original em inglês: The Spirit Help Us Pray
Logion Press, Springfield, Missouri
Primeira edição em inglês: 1993
Tradução: João Marques Bentes
Revisão: Gleyce Duque

Editoração: Flamir Ambrósio

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Jorge Whitefield - Heróis da Fé.

Não deixe morrer o sonho.

A importância dos limites

Um dos maiores defensores da ortodoxia na Igreja Primitiva

Davi Brainerd – Herois da Fé- Um arauto aos peles-vermelhas

Terça - At 16.25 . LBJ. Controlando a ansiedade diante da tribulação.

Teologia Bíblica da Oração

Quinta - Rm 4.18,19 – LBJ - Fé e esperança

Quarta - Jo 16.8 –LBA- O Espírito Santo convence do pecado, da justiça e do juízo

Quinta - Hb 10.12 - A morte de Jesus foi expiatória.