O orgulhoso Adonias exaltou e derrotou a si mesmo.

1.1 - Israel estava próximo do fim dos anos dourados do governo de Davi. O livro de 1 Reis começa com um reino unificado, glorioso e centrado em Deus; termina com um reinado dividido, degradado e idolatra. A razão para o declínio de Israel parece simples para nós — fracassaram na obediência a Deus.
Somos vulneráveis as mesmas forcas que provocaram a decadência de Israel - concupiscência, ciúme, cobiça pelo poder, enfraquecimento dos votos de casamento e superficialidade na devoção a Deus. Quando lemos sobro estes trágicos eventos na historia de Israel, devemos nos ver no espelho de suas experiências.

1.4  Davi tinha aproximadamente 70 anos de idade. Sua saúde deteriorara-se pelos anos de sofrimento. Abisague serviu como sua enfermeira e ajudou a mantê-lo aquecido. Na época em que a poligamia era aceita e os reis tinham harens, esta ação não era considerada ofensiva.

1.5 Adonias era o quarto filho de Davi e a opção logica para sua sucessão, como rei. O primogênito. Amnom, fora morto por Absalão por ter estuprado sua irmã (2 Sm 13.20-33). Seu segundo filho, Daniel, e mencionado somente na genealogia de 1 Crônicas 3.1 e provavelmente falecera nesta época. O terceiro filho de Davi. Absalão, morreu em uma rebelião anterior {2 Sm 18.1-18).
Embora muitos esperassem que Adonias fosse o próximo rei (2.13-25), Davi (e Deus) tinha outros planos (1.29,30).
1.5 - Adonias decidiu tomar o trono sem o conhecimento de Davi. Ele sabia que Salomão, e não ele. seria escolhido por seu pai para ser o próximo rei (1.17). Por esta razão não convidou os leais conselheiros de Salomão e de Davi quando se declarou rei (1.9.10). Mas seus planos enganosos para tomar o trono fracassaram.
O orgulhoso Adonias exaltou e derrotou a si mesmo.

1.6 - As pessoas tementes a Deus. como Davi e Samuel, foram usados por Deus para liderar nações, não obstante tivessem problemas em seus relacionamentos familiares. Os lideres tementes a Deus não podem considerar como certo o bem-estar espiritual de seus filhos. Estão acostumados a terem outros que seguem suas ordens; porem, não podem esperar que seus filhos produzam fé por encomenda.
O caráter moral e espiritual é construído ao longo de muitos anos. E exige constante atenção e paciente disciplina.
Davi serviu bem a Deus como rei, mas como pai falhou frequentemente tanto para Deus como para seus filhos. Não deixe que seu serviço a Deus, ate mesmo em posições de liderança, exija tanto de seu tempo e energia que você negligencie as outras responsabilidades que lhe foram atribuídas pelo Senhor.
1.6- Pelo fato de Davi nunca interferir, ou ate mesmo questionar seu filho. Adonias não soube trabalhar dentro dos limites. O resultado foi que este sempre escolheu seu próprio caminho, a despeito do quanto suas atitudes pudessem afetar os outros.
Ele fez o que bem quis sem considerar a vontade de Deus. Uma criança indisciplinada podo parecer inteligente ou esperta para seus pais; porem, um adulto indisciplinado destrói a si mesmo e a outros. Quando impomos limites aos nossos filhos, tornamos possível que desenvolvam a auto restrição que necessitam, a fim de se controlarem mais tarde. Discipline seus filhos cuidadosamente enquanto são jovens, para que cresçam como adultos autodisciplinados.
1.7 - Para um 'retrato mais completo da vida de Joabe veja seu perfil em 2 Samuel 18. Para maiores informações sobre Abiatar.
Veja a nota sobre 1 Samuel 22.20.
1.9- Quando Saul foi ungido rei, ofertas de paz foram sacrificadas como uma lembrança do pacto da nação com Deus. estabelecido no monte Sinai. Adonias queria que fossem oferecidos sacrifícios, provavelmente na esperança de legitimar sua posse.
Mas ele não era o escolhido de Deus para suceder Davi. Selar uma ação com uma cerimonia religiosa, não faz com que esta se transforme na vontade do Senhor.
1.11 - Para maiores informações sobre Bate-Seba. esposa de Davi, leia 2 Samuel 11 e 12. Como rainha, ela era altamente influente no Palácio real.
1.11-14 - Quando Natã soube da conspiração de Adonias. tentou imediatamente dete-la. Era um homem tanto de fé como de ação. Sabia que era correto que Salomão se tornasse rei. E agiu  depressa ao perceber que outra pessoa procurava tomar o trono Frequentemente sabemos o que e certo, mas não agimos corretamente.
Talvez não desejemos nos envolver, ou sejamos temerosos ou preguiçosos. Não deixe a oração, as boas intenções ou os sentimentos inflamados. Tome as ações necessárias para corrigir as situações.
1.13 - A Bíblia não registra que Davi prometera que Salomão seria o próximo rei de Israel; mas fica claro que ele foi escolhido por Deus (1 Cr 22.9.10) o por Davi (1 Rs 1.17.30).


Bate-Seba era o vinculo entre os dois reis mais famosos de Israel — Davi e Salomão Ela era esposa de um e mãe do outro. Seu adultério com Davi quase pôs fim a familia através da qual Deus planejou entrar fisicamente no mundo. Em meio as cinzas daquele pecado, porem, o Senhor trouxe o bem. Jesus Cristo, o Redentor da humanidade, nasceu de uma descendente de Davi e Bate-Seba.
A historia de Davi e Bate-Seba mostra que pequenas decisões erradas frequentemente levam a grandes erros. É provável que nenhum deles estivesse onde deveriam se encontrar.
Bate-Seba provavelmente foi imprudente ao banhar-se onde poderia ser vista; Davi deveria estar na guerra com o seu exercito. Cada decisão contribuiu para o inicio de uma triste serie de acontecimentos.
Bate-Seba provavelmente sentiu-se arrasada pela cadeia de eventos — a infidelidade para com o seu marido, a descoberta da gravidez, a morte de seu esposo e a do menino, fruto de seu adultério com o rei. Davi a confortou (2 Sm 12.24), e ela viveu para ver outro filho, Salomão, sentar-se no trono.
Por meio de sua vida. Vemos que as pequenas escolhas que fazemos em nosso dia-a-dia são muito importantes. Elas nos preparam para realizar coisas esplendidas, quando temos que tomar grandes decisões. A sabedoria para fazer as escolhas certas em diversos assuntos e um dom de Deus.
 Entender isso deve nos deixar mais conscientes das decisões que tomamos e mais dispostos a incluir o Senhor em nossas deliberações. Você tem pedido a ajuda de Deus nos compromissos que assumira hoje?

Pontos fortes e êxitos:
 • Tornou-se influente no palácio ao lado de seu filho Salomão.
• Era a mãe do rei mais sábio de Israel e ancestral de Jesus Cristo.

Fraquezas e erros:
• Cometeu adultério.

Licoes de vida:
• Embora possamos nos sentir presos em uma cadeia de eventos, ainda somos responsáveis pelo modo como participamos deles.
• Um pecado pode parecer uma semente pequena, mas a colheita de consequências será além da medida.
• Nas piores situações possíveis. Deus ainda e capaz de realizar o bem quando as pessoas verdadeiramente se voltam para Ele.
• Embora devamos viver com as consequências naturais de nossos pecados, o perdão de Deus e total.

Informações essenciais:
• Local: Jerusalém.
• Ocupações: Rainha e rainha-mãe.
• Familiares: Pai - Eliã; maridos - Urias e Davi; filhos – Simeia, Sobabe,
Nata e Salomão (1 Cr 3.5).
• Contemporâneos: Nata, Joabe e Adonias.

Versículos-chave: "Ouvindo, pois, a mulher de Urias que Urias. seu marido, era morto, lamentou a seu senhor. E passado o luto. Enviou Davi e a recolheu em sua casa; e lhe foi por mulher e ela lhe deu um filho. Porem essa coisa que
Davi fez pareceu mal aos olhos do SENHOR" (2 Sm 11.26,27).

Sua historia encontra-se em 2 Samuel 11 -—12 e 1 Reis 1 —2. O Salmo 51 e uma passagem relacionada a vida de Davi e Bate-Seba.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sábado - Ef 5.31-33®LBA¬ A sacralidade da família.

Terça - Is 65.20-22LBA A longevidade humana, característica do Reino Milenar de Cristo.

Quinta - Mt 25.46LBA Há na eternidade um lugar para os justos e outro para os injustos.

Segunda - At 24.15 ®LBA¬ Todos os mortos serão ressuscitados.

(SUBSÍDIO TEOLÓGICO) LIÇÃO 13/2017- A FAMÍLIA E A SUA NATUREZA

Terça – Lv 23.4,5 -LBA- Páscoa, uma das principais festas israelitas.

Sexta – Lc 22.1,2 -LBA- A conspiração contra Jesus antes da Páscoa.

Quinta – Mt 26.17,18 -LBA- A orientação de Jesus e o preparo da Páscoa.

A MORTE

A CIDADE DE JERUSALÉM