Postagens

Mostrando postagens de 2016

ORAR AO ESPÍRITO SANTO

"É lícito orar ao Espírito Santo?" O maior exemplo de como se deve orar está no ensino de Jesus a respeito  desse importante ministério (Mt 6.7-15), onde está implícito que a oração deve ser feita ao Pai, a quem pertence o reino, o poder e a glória: "E sucedeu que, ouvindo eu estas palavras, assentei-me e chorei, e lamentei por alguns dias; e estive jejuando e orando perante o Deus dos céus", Ne 4.9; "Então virou Ezequias o seu rosto para a parede, e orou ao Senhor", Is 38.2; "orai pelos que vos perseguem", Mt 5.44. Até mesmo Jesus dirigiu ao Pai as suas orações: Mt 26.33,42; Lc 22.42; Jo 17.1.
Todavia, a oração, embora feita ao Pai, deve ser em nome de Jesus: "Se pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei", Jo 14.14; "Porque onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles", Mt 18.20. Escritores eruditos concordam em que a oração deve ser feita a Deus Pai, em nome de Jesus. Para que se tenha certez…

AS OBRAS DA CARNE E O FRUTO DO ESPÍRITO

Imagem
Por Marcelo Oliveira de Oliveira Como o crente pode vencer a verdadeira batalha espiritual travada Lição 1 - As Obras da Carne e o Fruto do Espírito A relevância do tema Caro professor, iniciaremos mais um trimestre de estudos bíblicos. Logo, nesta oportunidade, é importante que você tenha pleno domínio da proposta deste trimestre de estudo em Lições Bíblicas. O objetivo é fazer uma reflexão de caráter bíblico e prático acerca do Fruto do Espírito como oposição às Obras da Carne. Por isso, desde já, adiantamos para você que o comentário da revista deste trimestre destacará o embate espiritual que se dá na vida do cristão — no sentido de manifestar as virtudes do Espírito (Fruto do Espírito) — contra a insistência da velha natureza humana em “não morrer”. Que crente não luta diariamente contra a própria natureza? Quem não passa por tentações e provações de ordem estritamente pessoal? O propósito do tema Ora, todo crente enfrenta uma luta interna e espiritual quanto à formação e ao desenvolvi…

(SUBSÍDIOTEOLÓGICO)LIÇÃO 13-4º Trim 2016/ PAULO: TUDO POSSO NAQUELE QUE ME FORTALECE

Imagem
Posso todas as coisas naquele que me fortalece. — Filipenses 4.13
Quando Paulo escreveu aos filipenses, estava dentro de uma prisão em Roma. Na realidade, Filipos foi a cidade na qual ele formou a primeira congregação de cristãos na Europa (At 16.11; Fp 4.15). Foi uma igreja formada, na sua maioria, por gentios e com alguns judeus. Ao escrever essa carta, ele estava num local que tinha a guarda pretoriana que cuidava dele. Com algum tempo, ganhou o respeito dos pretorianos e podia comunicar-se com eles. Como prisioneiro em Roma, ele aguardava o tempo em que seria convocado pelo imperador para depor sobre suas atividades. Foi sua apelação que o levou para Roma. Porém, foi uma prisão prolongada de dois anos que o impedia de viajar e manter contato com as igrejas fundadas por ele. Entretanto, mesmo estando preso, física e geograficamente, o seu espírito não estava preso. Pelo contrário, parecia estar presente em cada uma das igrejas fundadas por ele. Sua mente ativada pelo Espírito Santo o …

(SUBSÍDIO TEOLÓGICO)SALOMÃO: LIÇÃO 12- 4º TRIM- 2016 -- SABEDORIA EM TEMPO DE CRISE

Imagem
O temor do Senhor é o princípio da sabedoria; bom entendimento têm todos os que lhe obedecem; o seu louvor permanece para sempre. — Salmos 111.10
A história de Salomão começa com uma crise de sucessão no trono de Israel. Davi, obteve grandes sucessos como guerreiro de grandes batalhas e de ter expandido as fronteiras da nação israelita. Ao longo do seu reinado, Davi acumulou muitas riquezas, visando ao sonho maior de sua vida que era a construção do Templo em Jerusalém, mas não soube administrar bem sua família. Ao chegar à velhice, o reino estava sem o governo pessoal, motivando a luta pelo trono. Já havia perdido alguns filhos, e entre os que restaram estava Adonias, que era o quarto mais velho dos filhos vivos (2 Sm 3.2,3). Ao inteirar-se de que Salomão era o preferido de Davi para assumir o trono, Adonias não acatou a decisão do pai sobre Salomão. A diferença entre Adonias e Salomão era o fato de que Adonias era vaidoso, ambicioso e gostava de ostentar pompa, sempre acompanhado de um…

ESTER E O LIVRAMENTO DE UMA NAÇÃO( SUBSÍDIO TEOLÓGICO)

[...] e quem sabe se para tal tempo como este chegaste a este reino? - Ester 4.14
         Dos livros da Bíblia, Ester e Cantares são dois livros que se distinguem por evitar usar o nome de Deus, não ensinar a Lei de Moisés, nem destacar a religiosidade israelita. Mas a razão principal que fez com que o livro de Ester fosse reconhecido no Cânon das Escrituras foi o fato de revelar o cuidado divino com o povo de Israel em meio à hostilidade, estando exilado de sua terra. Matthew Henry escreveu acerca desse livro que “se o nome de Deus não aparece no livro, o dedo de Deus estava lá”, de modo invisível, orientando a vida do povo de Deus. É uma história em que se percebe a presença de Deus de modo inescrutável e invisível nos seus elementos circunstanciais, destacando, em especial, dois personagens importantes, Mardoqueu e Ester. Temos uma história delineada pela providência divina. Não há determinismo nos ingredientes da história, mas percebe-se a soberania de Deus fazendo valer seus desígn…